arquivo | setembro, 2013

Feliz Aniversário

Oba ! Conseguimos! Berimbaudrum completa 1 ano de idade ! Esta é uma data que merece comemoração, especialmente quando pensamos que apenas 5% dos blogs sobrevivem depois de 3 meses , enquanto o resto é abandonado e esquecido por seus escritores. Muitas vezes eu me refiro ao Berimbaudrum como uma Revista Online sobre World Music. Acho que soa melhor. Tecnicamente, é um blog, talvez um blog glorificado , mas ainda assim um blog. No entanto, uma das conquistas dos últimos 12 meses foi ganhar credibilidade com o público , os músicos e promotores culturais, que não parecem dar a mínima se eu digo “blog ” ou ” revista online” .

É reconfortante ver que pelo menos 70% de vocês continua voltando todo mês, com muitos deixando uma marca através de compartilhamento , comentários e o clique no “curtir”. Em termos de números, este total é modesto na escala inflacionada da websfera , mas são números que representam pessoas reais com uma paixão em comum pela música. Isto traz à mente outra recompensa muito importante: como resultado do processo de desenvolver Berimbaudrum , no ano passado , eu conheci seres humanos dos mais agradáveis, sensíveis, talentosos e humildes. Todos estes seres continuam a me me inspirar com sua coragem, força interior , garra e senso de aventura – qualidades que são muito importantes em uma profissão tão essencial para nosso bem-estar e identidade cultural , mas que nem sempre recebe o merecido valor.

Minha primeira proposta era inverter o jogo e falar sobre World Music através de uma perspectiva diferente daqueles que criaram o rótulo ” World Music “. O que eu contei a todos , e para eu mesma , foi que eu queria promover a cultura Brasileira para além dos estereótipos , mostrando que a música de qualquer lugar se conecta com a música de qualquer outro lugar. Mas o que eu não contei a ninguém , nem mesmo para eu mesma, foi que este  trabalho é o resultado de uma reflexão em torno da tentativa de compreender e aceitar uma fusão cheia de conflitos dentro de minha própria identidade cultural: a de uma cidadã Brasileira morando na Grã-Bretanha , que cresceu ouvindo música britânica em excesso , com a de uma cidadã Britânica nascida no Brasil, aprendendo a apreciar ritmos que haviam sido mal expostos na mídia do próprio país de nascimento , enquanto crescia . Deixei baixar a Carmen Miranda e fiz a festa !

O momento para uma viagem tão introspectiva não poderia ter sido melhor. Música é hoje um dos principais motores da economia digital. Assim como novos estilos musicais do século 20 passaram a dominar o mundo através de tecnologias de comunicação de massa, a web está permitindo uma musical evolução ainda mais rápida com o surgimento de estilos como o Mango Beat. Tambem está permitindo o renascimento de expressões culturais que já se encontravam esquecidas , como o Cordel , um estilo de discurso ritmado que atingiu o seu apogeu durante as décadas de 20 e 30 , no Nordeste do Brasil. O Cordel em si, muitas semelhanças com o Original Rap do Bronx de 1970 em Nova York .

Mídias Sociais tornaram mais fácil entrar em contato diretamente com músicos durante a busca por material para escrever. Isto é algo que, no século anterior, seria mais como a Dorothy tentando conseguir uma audiência com o Wizzard of Oz . Generosamente eles me permitiram pegar carona no Trem Base de fãs, no qual viajei por muitos quilômetros na companhia de um grupo ativo , independente e sofisticado de amantes da música.

Durante esta viagem , eu fiquei deslumbrada com o trabalho pioneiro de Babilak Bah, sua orquestra de enxadas e sua iniciativa de ligar a música com a saúde mental, um trabalho que o levou ao lançamento do Trem Tan Tan, uma banda animada consistindo de ex-pacientes de instituições de saúde mental. Makely Ka , outro músico Brasileiro , me surpreendeu com seu projeto de viajar de bicicleta através do Cerrado e Sertão, enquanto pesquisava e gravava estilos musicais tradicionais. Equipado com um laptop , cuja eletricidade era suprida por horas no pedalo, Makely manteve seus fãs diariamente atualizados com imagens fascinantes da paisagem rural e relatos escritos sobre sua experiência . Titane, Paulinho Pedra Azul e Tizumba me deram a mesma alegria de escrever sobre o trabalho que fazem. Descobri também bandas completamente fora dos moldes , tais Graveola e Banda Previsão do Tempo, uma promessa de um tipo de revolução musical que lembra e vai alem da Tropicália . Na Isle of Wight, uma pequena ilha no sul da Inglaterra, fiquei encantada com a música de Ben Stubbs ,Yours&Mine , David Hughes e a magia do digerido de Joe Caudwell, sobre o qual irei escrever em breve.

Nesta experiência em que aprendi bastante, eu pude constatar o  renascimento musical vindo da África, representado por bandas como Mokoomba. Para completar, e sem vergonha de dizer, fiquei totalmente stars-strucked ao dar de cara com legendas como Milton Nascimento e Courtney Pine, artistas geniais que se tornam verdadeiros shamãs ao subir no palco. O primeiro ano de Berimbaudrum tendo sido, definitivamente uma viagem longa e gratificante que eu não sei quando ou se chegara ao fim. Às vezes, tem sido difícil descrever toda a experiência sem me recorrer a um carnaval de superlativos. O itinerário para os próximos 12 meses já está se definindo com artigos sobre uma série de músicos inovadores.

Eu vou terminar esta reflexão e retrospectiva sobre o  primeiro aniversário de Berimbaudrum , prestando homenagem a Afunakwa , uma mulher da Ilha de Salomão . Em 1969, ela foi surpreendida por um etnomusicologo cantando para uma crianca dormir. O etnomusicologo a gravou e em 1973, sua cantiga chamada Rorogwella,  foi publicada pela UNESCO. Décadas mais tarde, Rorogwella foi disapropriada e comercializada. A tribo de Afunakwa nunca recebeu recompensa pelo sucesso comercial da cantiga . Afunakwa talvez tenha morrido sem nunca saber que sua voz calma e suave continuaria e encantar pessoas de varias partes do mundo. Cantigas de ninar são para a maioria de nós , a primeira e mais significativa experiência com a música. E tais cantigas existem em todas as culturas …

20130907-101239.jpg

20130907-101339.jpg

Anúncios