Paulinho Pedra Azul: 30 Anos de Independencia

Paulinho Pedra Azul,  um dos músicos mais famosos de Minas Gerais, comemorou 30 anos como um artista independente em 2012. Sem o suporte de grandes gravadoras, Paulinho é um daqueles músicos abençoados com a oportunidade de trabalhar em todas as etapas de produção de sua própria obra. Ingles

Quando eu o conheci, eu era uma estudante do terceiro ano de Jornalismo e repórter estagiária na Rádio Alvorada em Belo Horizonte. Em 1991, juntamente com Mauricio Tizumba, Paulinho foi a grande estrela da nossas Caloradas. Minha colega Adriana Braga e eu estávamos no comando do painel de entrevista. Adriana, que é uma das melhores escritoras que já conheci, tinha uma consciência altamente artística e concentrou-se em questões relacionadas ao significado das letras das músicas de Paulinho. Enquanto isso, eu me ocupava em tentar ser irreverente. Como um truquezinho barato, peguei um pedaço de papel dobrado em muitas centenas de vezes fora de meu bolso. Tentando fazer um suspense, eu  o abri lentamente e estendi a folha amarrotada no ar. Aquele pedaço de papel, contia as perguntas que eu havia rabiscado uma hora antes. O outro lado do papel, que eu ainda não havia olhado, contia notas editoriais para gravações de noticias do dia anterior.

Paulinho, que estava sentado ao meu lado, tomou o papel da minha mão enquanto eu ainda estava lendo a primeira pergunta. Ele então se virou para o lado e leu em voz alta todos os rabiscos  que não eram relacionados. Foi uma atitude jovial e espontânea que  roubou o show e salvou a noite. Paulinho continuou fazendo piadas sobre a estação de rádio em  que eu estava trabalhando. Com seu jeito divertido, ele queixou-se que as  rádio comerciais só tocavam suas músicas quando ele estava lá para entrevistas ao vivo. Sem discutir o assunto, tomei a folha de papel de volta e a transformei numa bola, joguei-a  para o fundo do palco e disse: “Tudo bem, então, vamos improvisar!”.

Eu não me lembro de nenhuma das perguntas que fizemos para Paulinho, mas lembro-me de que a reação dos diferentes grupos no meio da multidão condizia com as carreiras que escolheram. Os estudantes de Propaganda, cheios do espírito anárquista, conseguiam fazer sentido do que não possuia sentido nenhum e riram com a gente. Meus colegas do curso de Jornalismo tiveram uma reação mista: alguns eram críticos e racionais, algumas já sabia o que esperar, alguns eram engajados com a informalidade e um numero deles riram de nós. Enquanto isso, os estudantes de Relações Públicas, mais ligados a protocolos rígidos de etiqueta,  franziram a testa . Eu sabia que, mais tarde, naquela noite, iria receber uma longa palestra de um deles sobre como garantir que o evento fosse realmente chato.  Mas, mesmo se eu tivesse tentado, não seria nunca possível ter um evento tedioso com Paulinho Pedra Azul. Com sua atitude descontraída e honestidade, ele mostrou um carisma natural que cativou a audiência.

Para o álbum comemorativo de seus 30 anos como músico, Paulinho assinou um contrato com a gravadora “Som Livre”. Dos 22 álbuns que ele produziu ao longo de sua carreira, 20 deles são completamente independentes.

A obra de Paulinho Pedra Azul é marcada por um tema comum: as relações humanas. Suas canções falam sobre a família, amigos próximos e suas percepções do mundo. Ele também canta sobre esperança, amor, saudade, sonhos e realizações. Tudo é feito de  forma direta e sem pretensões,  comunicando diretamente com o público.

Paulinho Pedra Azul  Sites Oficiais

http://myspace.com/paulinhopedraazul

http://talentosproducoes.com/paulinhopedraazul

Anúncios

Ainda sem comentários... Seja o primeiro a responder!

Deixe sua resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: